O que é Fábrica de Software?

O que é Fábrica de Software?

  • Posted by: itsstec
  • Category: Fábrica de Software

O termo “fábrica de software” é a tradução para o português de software factory. O conceito existe desde a década de 60, mas só ganhou os contornos que conhecemos hoje na década de 90. Basicamente, a ideia consiste em se valer dos processos da indústria comum para o desenvolvimento de software, com vistas a acelerar a produtividade e diminuir os prazos.

 

Assim, as metodologias empregadas pela indústria tradicional são aplicadas ao ambiente de teste, manutenção e desenvolvimento de software. Três dos conceitos mais utilizados são a produção em larga escala, padronização e o aumento da produtividade. Um dos benefícios da produção gerida por esses conceitos é a diminuição do fator humano envolvido. Não porque o componente humano seja ruim, mas porque automação de processos libera o capital humano para ser empregado em outras atividades.

 

 

A utilização do conceito de padronização poderia indicar uma massificação do produto, com soluções pouco eficazes já que pensadas sob o ponto da vista da generalização. Mas, na prática, o que acontece é o contrário: a fábrica de software trabalha com a padronização para criar modelos, bases tecnológicas que serão posteriormente adaptadas para solucionar os problemas de cada cliente. Exatamente como numa fábrica comum, um molde é a base para o desenvolvimento de diferentes tipos de produtos. Assim, o conceito oferece algumas vantagens. Conheça algumas delas.

 

Emprego eficiente da mão de obra

 

O mercado de TI tem pedido cada vez mais soluções que aliem produtividade e custo-benefício. Contudo, quando não há padronização das soluções, os gastos podem superar os orçamentos previstos inicialmente. Ainda que a demanda por novos softwares seja alta, o não funcionamento de acordo com as regras básicas do mercado pode levar a prejuízos no longo prazo.

 

A utilização de uma fábrica de software favorece o eficiente emprego de mão de obra, levando a orçamentos mais enxutos com boas soluções. Enquanto as grandes empresas de TI contam com fábricas de software particulares, as empresas em geral têm a opção de buscar pela terceirização do serviço. Com isso, aliam as vantagens do produto a um orçamento pré-definido.

 

Qualidade dos serviços prestados

 

A padronização e produção em larga escala, somadas à relação custo-benefício, garantem a qualidade dos serviços prestados. As empresas passam a ter à disposição a manutenção frequente dos programas, a possibilidade de integrar aplicativos, o timing certo para incorporação de novas tecnologias, a possibilidade de conversão de aplicativos para o ambiente da internet, o monitoramento frequente da qualidade e da produtividade, e principalmente o desenvolvimento de novos sistemas personalizados que ofereçam soluções aos possíveis problemas da contratante.

 

 

Terceirização do serviço, menos problemas a resolver

 

Assim como uma fábrica funciona por setores de produção, segmentando o processo com maior eficiência nos resultados finais, a empresa que opta pela contratação de uma fábrica de software delega funções para os profissionais com expertise no assunto, evitando erros.

 

Como o gerenciamento do processo fica a cargo da fábrica, a empresa não se ocupa com a infraestrutura necessária ao serviço, nem precisa se preocupar em ter espaço e profissionais capacitados para realizá-lo. Partindo de um orçamento pré-definido, ela desfruta das vantagens de um serviço personalizado para atender suas demandas no setor tecnológico, sem ter de desviar o foco de suas atividades e, correr o risco de perder em produtividade. Além disso, com a logística a fábrica de softwares possibilita, por meio da automação dos processos, o desenvolvimento de mais softwares. Isso viabiliza o atendimento de novos clientes e, portanto, o aumento da lucratividade.

 

Como o conceito se configura como tendência, é necessário levar em consideração a possibilidade de utilizá-lo.