SAP Anywhere chega ao fim

SAP Anywhere chega ao fim

  • Posted by: Otavio
  • Category: SAP

A SAP SE (Systems, Applications and Products) decidiu descontinuar seu serviço voltado para pequenos e médios negócios, o programa SAP Anywhere. Esse serviço, lançado em 2015, tinha como objetivo ajudar pequenos e médios negócios a construir lojas online (e-commerce), criar Pontos de Venda (POS), inventar campanhas de marketing, gerenciar o relacionamento entre a empresa e seus clientes (CRM) e analisar o desempenho dos negócios da companhia, tudo isso em um sistema integrado e de fácil utilização.

 

Além disso, para cumprir com a promessa de integração, o sistema Anywhere era compatível com webservices de outras empresas, como a Google, Paypal e United Parcel Service. O SAP Anywhere foi lançado internacionalmente, mas só foi disponibilizado nos Estados Unidos, Europa e China, com a promessa de chegar a outras regiões, como o Brasil, posteriormente.

 

O software era vendido por meio de um contrato anual, pago antecipadamente, com uma licença de 5 utilizadores, custando 534 dólares por mês. Caso o cliente quisesse adicionar mais usuários – com um limite máximo de 500 – uma taxa de 52 dólares seria adicionada à mensalidade por cada.

 

 

Simplicidade demais é um problema

 

A SAP começou como uma pequena empresa, na Alemanha, formada por ex-funcionários da IBM com o objetivo de criar um software aplicativo padrão para processos de negócios em tempo real. Hoje em dia, a empresa é líder mundial em soluções de negócios colaborativos e multiempresas, sendo seu maior produto o Sistema Integrado de Gestão Empresarial, o SAP ERP.

 

Esse serviço, no entanto, é voltado para grandes negócios, com funcionários e especialistas em várias áreas, ou seja, ele é muito profissional, exigindo um nível de formação e especialidade que somente empresas de grande porte são capazes de alcançar. Pensando nisso, a SAP decidiu criar um sistema mais simples, para que empresas menores, ou que não possuem setores de Tecnologia da Informação (TI), pudessem usufruir das funções que os serviços da SAP oferecem.

 

Segundo a multinacional, o Anywhere teria como premissa funcionar na nuvem, ou seja, todas as lojas – virtuais ou não – poderiam operar debaixo de um mesmo sistema, acessar os dados da empresa, se comunicar com clientes e investidores, gerir seu público a qualquer hora e em qualquer lugar, sem precisar de um conhecimento avançado na área de informática.

 

Infelizmente, o novo produto não era tão simples como prometido e não era tão efetivo quanto os sistemas da concorrência, como a plataforma de e-commerce Magneto e o sistema CRM da SalesForce. Segundo alguns clientes, o software da SAP não era adequado para empresas sem uma equipe de TI – sua principal função – e seu suporte era lento. O mais impressionante é que, mesmo estando presente em diversas regiões do globo, o Anywhere contava apenas com 60 clientes, sendo só metade deles ativos.

 

(Foto: Reprodução – The Company Doctors)